TRABALHAR NO REINO UNIDO

O Conselho de Enfermagem e Obstetrícia (CEO)

Para trabalhar como enfermeiro no Reino Unido, você terá que se registar no Conselho de Enfermagem e Obstetrícia (CEO).

O CEO é onde é feito o registo de enfermagem no Reino Unido. Em setembro de 2005, o CEO introduziu um novo programa em que cada candidato formado fora do EEE (Espaço Económico Europeu) tem de se realizar com sucesso antes de estar apto a registar-se no Reino Unido. Isto é conhecido como Overseas Nursing Programme (ONP).

O registo no CEO tem três partes:

- Enfermeiros

- Parteiras

- Enfermeiros especialistas em saúde pública comunitária

O registo dos enfermeiros é dividido em quatro áreas práticas de atuação:

- Enfermagem do adulto

- Enfermagem de saúde mental

- Enfermagem de dificuldades de aprendizagem

- Enfermagem de crianças

Pode candidatar-se para ser um enfermeiro ou parteira do Register, desde que satisfaça as normas. Se tem formação como enfermeiro geral, deve candidatar-se para ser registado como um enfermeiro de adultos. Se você se quiser registar em mais do que uma área, deve candidatar-se, para cada área, ao mesmo tempo.

Elegibilidade para ser incluído no registo da CEO

O registo elegível, no CEO, do pessoal do exterior em áreas gerais ou especializadas de enfermagem no Reino Unido, depende dos seguintes pontos:

Requisitos linguísticos

Deverá ser capaz de mostrar que você pode se comunicar com clareza e eficiência em inglês. Você deve completar a versão acadêmica do Sistema de Teste de Inglês Internacional de Linguagem (IELTS) e atingir uma pontuação média global de sete (de um máximo de nove) e, pelo menos, sete em cada uma das sessões de ouvir, ler, escrever e falar. O CEO não aceitará notas mais baixas e verificará de forma independente o IELTS. É da sua responsabilidade organizar e pagar este teste e fornecer ao CEO os resultados.

Requisitos de educação

Deverá ter concluído um curso de enfermagem de ensino pós-secundário ou programa de obstetrícia, que permita a inscrição no seu país de origem como uma enfermeira de primeiro nível ou parteira. Antes de sua educação pós-secundária, você deve ter concluído com êxito, pelo menos, 10 anos de ensino antes de seu programa de pós-secundário.

Requisitos de prática

Quando se candidatar já deverá ter prática como enfermeiro ou parteira durante pelo menos 12 meses (a tempo inteiro ou a tempo parcial equivalente) após a qualificação. Se tiver qualificação por mais de 12 meses, deverá ter praticado, pelo menos, 450 horas nos três anos anteriores (se você não tiver completado 450 horas nos últimos três anos, pode ainda ser considerado elegível, mas será necessário concluir uma versão mais longa do programa ONP).

Requisitos Especiais Específicos

Enfermagem Geral

Deverá ter concluído 3 anos de curso a tempo inteiro de nível pós-secundário que permita o registo como enfermeiro geral, que inclui conhecimentos teóricos e práticos em:

- Medicina Geral e Especializada

- Cirurgia Geral e Especializada

- Puericultura e Pediatria

- Cuidados de Maternidade (Obstétrica)

- Saúde Mental e Psiquiatria

- Cuidado dos Idosos

- Comunidade/ Enfermagem de Cuidados Primários

Enfermagem de Saúde Mental

Deverá ter concluído ou um curso de enfermagem geral três anos seguido por um curso de 12 meses de enfermagem de saúde mental ou um curso a tempo inteiro de 3 anos de enfermagem de saúde mental. Os cursos devem incluir conhecimentos teóricos e práticos em:

- Enfermagem de saúde mental numa variedade de especificações, incluindo doença aguda e doença crónica contínua

- Cuidar de crianças e jovens com problemas de saúde mental

- Especialista em cuidados de saúde mental

- Cuidados para adultos com problemas de saúde mental

- Cuidados continuados e reabilitação

- Cuidados comunitários.

 

Enfermagem Infantil

Deverá ter concluído ou um curso de enfermagem geral de três anos seguido por um curso de enfermagem de crianças de 12 meses ou um curso de enfermagem a tempo inteiro de 3 anos para crianças. O curso deve incluir conhecimentos teóricos e práticos em:

- Cuidar de crianças numa variedade de especificações de cuidados, incluindo a especialidade em medicina e cirurgia.

- Cuidar de crianças em situações de emergência, neonatal e situações de alta dependência.

- Cuidar de crianças em casa, na escola e na comunidade.

- Trabalhar com famílias e cuidadores para cuidar de crianças doentes de todas as idades.

 

Enfermagem de Dificuldades de Aprendizagem

Deverá ter concluído ou um curso de enfermagem geral de três anos seguido por um curso de enfermagem em dificuldades de aprendizagem de 12 meses ou um curso, a tempo inteiro, de 3 anos de enfermagem de dificuldades de aprendizagem. Os cursos devem incluir conhecimentos teóricos e práticos em:

- Enfermagem de dificuldade de aprendizagem numa variedade de ambientes de cuidados incluindo ambientes residenciais e cuidados de dia.

- Enfermagem de dificuldade de aprendizagem numa variedade de ambientes para apoiar as pessoas que têm necessidades complexas e problemas de saúde mental.

- Cuidados para pessoas de todas as idades (desde a infância até à velhice) que têm dificuldades de aprendizagem.

- Trabalhar com famílias e cuidadores para apoiar as pessoas que têm dificuldades de aprendizagem.

- Cuidados continuados e reabilitação.





 .